DIRECTORA TÉCNICA

Dra. Maria de Jesus Martins

COMPETÊNCIAS GERAIS

  • Promover a execução das deliberações e orientações da Direção;
  • Colaborar com a Direção no cumprimento do Protocolo de Cooperação com o ISS. IP;
  • Garantir a execução e o cumprimento do Regulamento Interno da Instituição;
  • Representar a Direção na sua ausência;

COMPETÊNCIAS TÉCNICAS ESPECÍFICAS

  • Em contactos com Tribunais no âmbito dos processos dos jovens, representar a Instituição e o jovem, sempre que este estatuto lhe seja confiado pelo Tribunal, fazendo-se acompanhar pelo Advogado Mandatário;
  • Proceder à entrevista de admissão e ao acolhimento dos jovens;
  • Supervisionar globalmente as Equipas Técnica, Educativa de Apoio e Docente;
  • Garantir a proteção, segurança e confidencialidade dos Processos Individuais dos Jovens;
  • Elaborar periodicamente as escalas de serviço das Equipas Técnica, Educativa, Apoio e Docente;
  • Garantir e supervisionar a realização da Avaliação Diagnóstica de acordo com o procedimento definido;
  • Garantir a elaboração e a supervisão do cumprimento do Plano Sócio Educativo Individual (PSEI) e o Plano Cooperado de Intervenção (PCI) de acordo com o procedimento definido;
  • Garantir e supervisionar a realização de visita domiciliária à família do jovem, de acordo com os prazos definidos no (PSEI);
  • Realizar periodicamente reuniões da equipas técnica, educativa e apoio, para análise da informação e dos resultados obtidos na prestação dos serviços, troca de informação relevante sobre o jovem, definição de formas de atuação e prevenção de situações anómalas detetadas.
  • Garantir a elaboração anual, em Outubro, do Plano de Ação;
  • Elaborar anualmente em Outubro o Plano de Formação, destinado a Promover o aperfeiçoamento técnico e profissional e a valorização das competências profissionais de todos os colaboradores do Centro;
  • Realizar trimestralmente reuniões entre as equipas técnica e educativa e , para análise e avaliação dos PSEI dos jovens;
  • Convocar as reuniões com as Equipas Técnicas, Educativas, Apoio e Conselho Técnico-Pedagógico;
  • Garantir a elaboração das atas das reuniões com as Equipas Técnicas, Educativas, Apoio, Conselho Técnico-Pedagógico, Segurança Social, EMATs e CPCJ.
  • Garantir a elaboração do Plano de Intervenção Imediata (PII) dentro dos prazos definidos pelo ISSS;
  • Supervisionar regularmente as Equipas Técnicas, Educativas, Apoio e Docentes;
  • Garantir a gestão de conflitos na organização, quer ao nível dos colaboradores bem como dos jovens;
  • Dirigir e planear regularmente as atividades relacionadas com o apoio, acompanhamento e encaminhamento dos jovens;
  • Garantir a elaboração dos relatórios e informações sobre os jovens e tomar as decisões relativas à execução e avaliação das medidas de promoção e proteção, assegurando a articulação com as EMAT e as CPCJ;
  • Supervisionar os procedimentos inerentes à proteção e promoção da saúde dos jovens, bem como garantir a implementação de programas de prevenção de doença e promoção da saúde;
  • Garantir a articulação com as estruturas da comunidade envolvente com relevância para a execução da missão do Centro;
  • Realizar em colaboração com a Direção a avaliação de desempenho dos colaboradores da Instituição;
  • Garantir o zelo pela conservação, manutenção e das instalações, equipamentos e outros bens afetos à Instituição, assim como assegurar as condições de segurança dos jovens e colaboradores;
  • Garantir a implementação dos vários procedimentos existentes, nomeadamente o HACCP e ainda o planeamento da manutenção das viaturas e equipamentos;
  • Colaborar com a Direção no zelar pelas condições que garantam a proteção, bem-estar e desenvolvimento integral dos jovens, em condições próximas de um ambiente familiar equilibrado;

COMPETÊNCIAS NA ÁREA DA QUALIDADE

  • Gerir o Processo de Ação Social
  • Gerir os Planos Operacionais